Terapia cognitivo-comportamental na nutrição

O tratamento nutricional tradicional vem se mostrando ineficaz para melhorar o padrão de saúde da população.  Podemos observar diante do grande aumento de pessoas obesas na sociedade. Diante deste cenário surgem novas ferramentas e abordagens para reforçar a motivação na mudança de comportamento alimentar.

Uma mudança definitiva de comportamento não é garantida apenas através de uma prescrição dietética. Para promover a real mudança positiva nas pessoas a principal ferramenta que apresenta sucesso é a terapia cognitivo comportamental.

O uso da TCC no consultório de nutrição não significa que o terapeuta nutricional vai se aprofundar na analise das emoções e sim que ele vai adaptar as técnicas dessa terapia para onde cabe a realidade da nutrição como integradora do aconselhamento nutricional.

Através disso com o paciente vai em busca de resgatar o que é a fome e saciedade. Vai em busca de resgatar o prazer em comer de maneira equilibrada e consciente.

Dentro deste cenário o nutricionista apto, trabalha o emagrecimento, ganho de massa magra, tratamento de doenças, compulsões e outros objetivos.

A TCC integra duas abordagens: A Terapia Comportamental e a Terapia Cognitiva.

Terapia Cognitiva

Relacionada com o tipo de pensamento essa terapia busca o três domínios: sobre si mesmo, sobre o mundo e o futuro.

Terapia Cognitiva Comportamental

O foco dessa terapia é a resolução de um problema atual, ou seja focado no presente. 

A combinação dessas terapias tem se mostrado a mais eficaz no tratamento e o mais importante que é fazer a pessoa ter controle sobre as mudanças que deseja em sua vida para concluir seus objetivos ou superação dos pensamentos e crenças inadequadas.

Para saber mais sobre a nutrição comportamental tem resenha do livro clicando aqui. 

Deixe seu Comentário

Your email address will not be published.

1
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by